- por Tatiana Picirillo

Um cafezinho é tudo de bom, não é mesmo? Mas, afinal, ele é mocinho ou vilão?

A verdade é que tudo vai depender da quantidade e o modo como este café está sendo ingerido. A recomendação é de aproximadamente duas xícaras de 180 ml ao dia e quem acaba consumindo uma quantidade muito superior a esta não usufrui de seus benefícios.

E quais são eles?

O café traz melhoras ao estado de alerta, aumenta a energia e a concentração, diminui o sono e o cansaço, melhora os sintomas de doenças como Alzheimer e Parkinson. O café coado é mais saudável que o expresso, pois este último possui duas substâncias - o caeol e cafestol - que podem interferir no aumento de colesterol. Quando o café é coado no filtro de papel, estas substâncias se desprendem e são filtradas antes de chegar ao seu copo.

O tradicional cafezinho após o almoço também não é benéfico, pois a cafeína inibe a absorção do ferro. No caso das pessoas que apresentam sensibilidade gástrica como gastrite ou úlcera, o café irrita a mucosa, podendo machucar as paredes do estômago.

Tomar café em copo de plástico não é interessante pois o café quente faz o plástico liberar resíduos tóxicos. Café com açúcar o  torna mais calórico, além de interferir em seus benefícios. A melhor opção é tomá-lo ao natural.

Uma dica para evitar o uso de açúcar é coar o café com canela, pois dá um gostinho diferente e mascara a falta do sabor doce.

Agora que você já sabe os benefícios e malefícios do café, escolha a melhor opção para ingerir esta tradicional e deliciosa bebida.


A Tatiana é Consultora da Feminaria e presta atendimento às nossas Associadas. Para agendar o seu horário, entre em contato pelo telefone (11)2737.5998 e verifique a disponibilidade. Para mais informações sobre como ser Associada Feminaria, envie um e-mail para: contato@feminaria.com.br ou casa.feminaria@feminaria.com.br

Tatiana Maia Piccirillo

Consultora da Feminaria, Formada pela Universidade São Judas Tadeu. Pós-graduada em Nutrição Clínica pela Universidade Gama Filho. Coach Nutricional, trabalha com emagrecimento voltado para reeducação alimentar e mudança de comportamento. 

Deixe um comentário