Empreendedorismo: saiba administrar seu negócio

Empreendedorismo: saiba administrar seu negócio

Olhar para o seu negócio como uma empresa não deve ser a parte chata (independentemente do tamanho dela). Ao invés disso, deve ser o maior desafio, pois é a boa gestão que vai garantir seu sucesso no empreendedorismo.

empreender é administrar
O desafio é não perder nada de vista

Seu produto ou serviço não é tudo

O empreendedorismo feminino no mundo todo está crescendo a uma taxa de mais de 10% ao ano, segundo o estudo Women Entrepreneur Cities Index (WE-Cities). Apesar do sinal positivo, observa-se que muitas empresas têm fechado as portas logo nos primeiros anos de existência. Entre as razões mais comuns estão a falta de um plano de negócio, a dificuldade de adaptação às tendências do mercado e a má gestão.

No geral, ao iniciar um empreendimento, toda a energia é voltada para a validação do negócio – a atenção é focada em mostrar a qualidade do produto ou serviço que oferecemos, e nos dedicamos a aumentar nossa rede de conexões e vender – vender – vender. Afinal, lá no fundo consideramos sucesso o pro labore mensal – o que não é de todo errado. No entanto, isso não é suficiente.

Um bom exemplo disso encontramos no depoimento, veiculado pela Draft, de Patrícia Lages, uma empreendedora que precisou quase falir para então entender a importância da administração:

“Eu achava que estava preparada, pois subestimava o que é ter um negócio. Eu não sabia que tudo dependia de mim; pensava que minhas funcionárias eram pagas para resolver todos os problemas, e que a mim cabia apenas “fazer o que os donos fazem”. Só que eu não tinha a menor ideia do que um empreendedor, dono de seu primeiro negócio, deveria fazer. Resumindo: eu só achava que estava preparada porque não sabia o que era realmente ter um negócio.”

Empreendedorismo implica visão global do negócio

Enquanto fugirmos da realidade vamos sofrer consequências no bolso; desenvolver um negócio é um exercício de desenvolver uma organização, e portanto envolve necessariamente administração. Empreender implica em errar, e se você ainda não entendeu que é preciso investir em conhecimento administrativo, esse é seu primeiro erro como empreendedora.

Quando o empreendedorismo acontece, a mulher por trás do negócio está automaticamente gerenciando uma organização. Para que isso aconteça o mais eficientemente possível ela precisará de ferramentas para executar as atividades e obter resultados. A administração proporciona as melhores ferramentas e explica como usá-las – cabe a você adquirir a habilidade necessária com a prática.

Aprender a gerir seu negócio é assumir um compromisso de longo prazo. Aprender, conhecer, dominar e aplicar técnicas eficientes de administração são a garantia da permanência no mercado.

A Feminaria existe exatamente para estar ao seu lado na gestão do seu negócio. Conheça nosso Programa Expansão, através do qual fornecemos conhecimento de gestão através de ferramentas, para que você administre seu empreendimento da maneira mais eficiente possível – afinal empreender é administrar.

Como um ERP pode facilitar o seu dia a dia

software-pode-te-ajudar-a-ter-mais-tempo-para-cuidar-de-outras-ideias

Conheça o ERP, ou o novo “painel de controle” do seu empreendimento

A abertura e gestão de empresa foram facilitadas com a era digital. Mas a diversidade atual de opções para gerir processos pode dificultar mais do que ajudar. E se você pudesse reunir todos os processos (ou grande parte deles) num único software? É possível com o ERP!

ERP-pode-fazer-voce-ganhar-tempo
Um dos muitos benefícios da otimização de sistemas é o ganho de tempo economizado na frente do computador

 

Hoje já existem sistemas que agrupam processos e dados e permitem que você gerencie várias partes do seu negócio em um único local. Um desses sistemas é o ERP – Enterprise Resource Planning, ou no português “Planejamento de Recursos da Empresa”. Nos sistemas ERP, você consegue geralmente reunir facilidades como:

  • Finanças
  • Estoque
  • Notas fiscais
  • Vendas
  • Cadastros de cliente
  • Sistemas de entrega

Sistemas deste tipo podem ser facilmente incorporados em empresas de pequeno a nano porte, pois hoje já existem opções com preço competitivo e funcionamento intuitivo, permitindo que a transição ocorra sem tantos danos ou demora.

A integração de vários serviços em um único local tem vários benefícios como: ganho de tempo, maior facilidade de organização, entre outros. Além disso, também permite que você organize e controle com maior facilidade a produtividade dos membros da sua equipe com base nas métricas existentes no sistema. Além disso, por trabalhar com uma base de dados única, o ERP aumenta a confiabilidade das informações que poderiam tornar-se mais confusas se estivessem em vários aplicativos separados.

Na Feminaria todas as clientes em desenvolvimento possuem vantagens na contratação do sistema de ERP Bling. Acesse nossa aba programas e saiba mais.


Gostou do nosso conteúdo? Assine nossa newsletter e tenha acesso a conteúdo de qualidade em primeira mão!

9 Frases motivacionais pra você não seguir ao pé da letra

Todos os dias somos infernizadas agraciadas com frases motivacionais, como se tivéssemos uma torcida inteira dedicada a nos apoiar para não deixar a peteca cair.

São cursos, rodas, conversas, workshops, pílulas de incentivo, slides de animação, mentoria pra uma vida plena – enfim, as redes sociais estão de braços abertos para que nos tornemos líderes, pessoas de sucesso, alguém que toma muita água e nunca esquece o filtro solar.

Daí que você não consegue alcançar o prometido, cansa de tentar, se acha a pior das criaturas e finalmente: desiste! Não, não vá por esse caminho antes de ler essas frases realmente motivacionais.

Precisamos prestar atenção no conteúdo que absorvemos e na utilidade dele
Precisamos prestar atenção no conteúdo que absorvemos e na utilidade dele

1 – “Você consegue, é só ter atitude positiva”

Infelizmente ter atitude positiva não vai pagar seus boletos no banco. Então, melhor do que ter atitude positiva é ter uma visão real da sua saúde financeira e do seu objetivo, traçando metas reais e cumprindo prazos diariamente; não tem milagre, só trabalho suado mesmo;

2 – “Seja proativa, pense fora da caixa”

Por favor, não pense fora da caixa. Tem muita gente pensando fora da caixa e não fazendo absolutamente nada, então pense dentro da sua caixa, compartilhe informação com as pessoas que admira e siga exemplos reais – não vale seguir ninguém do Vale do Silício se você ainda precisa aprender a dizer bom dia;

3 – “Não nos traga problemas, traga a solução”

O problema é que os problemas não vão se resolver sozinhos, assim como as soluções não serão apresentadas pra você por um anjo numa aparição milagrosa. É preciso falar dos problemas e encontrar soluções em conjunto, pois se não for pra ser assim, melhor nem se envolver;

4 – “Acreditamos no seu potencial”

O mundo pode acreditar no seu potencial, mas se você mesma não acreditar nele não adianta nada, não é mesmo? Portanto, mais importante do que a opinião das amigues é contar com o seu autoconhecimento nessa busca por resultados.

Existem muitas profissionais pra te ajudar nessa saga da autodescoberta – vale mais a pena pagar uma terapia bacanuda que vai lhe ajudar a trilhar o caminho das pedras do que se autoenganar pagando uma coaching de alta performance quando você ainda não descobriu o que quer da vida;

5 – “Seja você a mudança que quer ver no mundo”

Oi? Como assim? Não vai funcionar. Seja você a mudança que quer na sua vida.

Antes de tentar fazer algo pelas mazelas humanas faça por você, sabe? Assim, sem pretensão, só olhando pro próprio umbigo mesmo, fazendo o melhor que puder pra se sentir feliz e plena consigo – dessa forma, com certeza você vai afetar a estrutura toda.

6 – “Seja líder, dê exemplo”

Já pensou se o mundo todo fosse feito de líderes e de exemplos? Eu que não ia querer viver nele. Seja só você, você não precisa ser líder e nem exemplo pra ninguém, você precisa apenas e tão-somente fazer o que faz bem feito – e se for o que você ama, melhor ainda.

7 – “Com determinação é possível vencer qualquer obstáculo”

Com determinação as chances de êxito são de fato maiores, mas existem obstáculos que vão precisar de muito mais técnica do que determinação.

Seja determinada a fazer o que sabe; não dá pra vencer obstáculos de T.I. se sua formação for ciências sociais, por exemplo. Nesse caso esteja determinada a pedir ajuda de uma profissional que entenda do riscado.

8 – “Seja otimista”

A menos que você seja de sagitário, vai chegar uma hora que o otimismo vai pro brejo, e aí? Aí você precisa contar com aquela coisa realista que te acompanha e se chama consciência; ela vai te ajudar a achar uma saída, analisar os fatos e te acompanhar na saga de completar o ciclo.

9 – “Foque no resultado – mas viva o percurso”

Não tem jeito – pra chegar do ponto X ao Y tem uma linha sub-reptícia de acontecimentos diários – são esses dias que farão você chegar no resultado.

Foque no resultado (beleza, você tem um objetivo), pois isso é importante. Só que se você fingir que não precisa colocar um tijolinho em cima do outro diariamente pra chegar lá, melhor encontrar um plano pré-moldado que se encaixe no seu perfil e comprar logo ele: franquias podem ser uma opção, mas daí você tem que aceitar que não foi você quem construiu a ideia.

Encare isso como um desafio

É isso mesmo, encare isso tudo aí acima como um desafio. Aceite quem você é e o que é capaz de fazer; aceite suas limitações e sua criatividade do jeitinho que veio ao mundo. Não, você não precisa surpreender ninguém, a não ser você mesma.

Não pretendemos aqui descartar toda força que você encontra em frases diárias daqueles perfis tipo “good vibes” do Instagram. Estamos dizendo que motivação sem ação é ilusão.


Na Feminaria vemos as realizações como resultado de trabalho duro, gestão relevante e comprometimento. Se você gosta de nosso conteúdo, assine nossa newsletter e receba nossas atualizações em primeira mão!

Consultoria especializada: mitos e verdades

Consultoria Especializada: Mitos e Verdades

As justificativas para não buscar uma consultoria são as mais diversas. Algumas delas são fundamentadas, mas outras demonstram claramente a falta de conhecimento sobre o que de fato é uma consultoria. Nesse artigo vamos fazer o possível para te ajudar a entender e buscar aquela que mais vai te ajudar de acordo com seu momento.

“Consultoria especializada é cara.”

“Não preciso de uma consultoria especializada porque ainda estou começando.”

“Minha empresa não apresenta problemas que eu não possa resolver sozinha.”

“Uma consultoria não vai conhecer meu negócio tão bem quanto eu.”

“Mas o que é uma consultoria especializada?”

São muitas as perguntas, e a consultoria especializada ainda adormece numa realidade distante daquela empreendedora que até aqui conhecia apenas produtos caríssimos quando especializados. No entanto, atualmente existem opções viáveis que adicionam muita segurança ao desenvolvimento do seu negócio. Vejamos aqui alguns motivos para a contratação de uma consultoria especializada e como ela poderá impactar positivamente seu negócio.

Um dos motivos é você poder se dedicar ao que você faz de melhor!
Um dos motivos é você poder se dedicar ao que você faz de melhor!

Visão imparcial e panorâmica sobre o seu negócio

Uma consultoria especializada vai analisar todos os aspectos do seu negócio sem se envolver emocionalmente. Veja bem, o fato de não haver envolvimento emocional não quer dizer que não haverá comprometimento e interesse real. Acontece que na grande maioria dos casos as gestoras, fundadoras, criadoras e “faz tudo” da empresa acreditam estar fazendo um ótimo trabalho por terem criado e erguido um negócio, muitas vezes com parcos recursos e conhecimento, e justamente por isso acabam por ser bastante resistentes a mudanças. Um negócio precisa de um olhar técnico que acompanhe a modernização do mercado, e nesse caso o olhar crítico de fora é de enorme valia.

Conhecimento técnico multidisciplinar

Uma consultoria vai se debruçar sobre todos os aspectos do seu negócio. Com certeza uma gestora que desenvolveu o próprio negócio conhece – e muito – sobre ele, mas nem sempre (ou quase nunca) vai conseguir abraçar todas as particularidades e áreas de um empreendimento, e é aí que a consultoria supre a lacuna.

Como melhorar o relacionamento com clientes? Como automatizar tarefas? Como fazer uma gestão adequada das finanças? Como se preparar para venda em atacado? Como identificar melhorias no marketing? Uma consultoria sempre vai buscar responder essas e muitas outras perguntas na realidade em que elas foram levantadas.

Foco em melhoria contínua e resultados

Com uma consultoria acompanhando os processos do negócio, a gestora/gestor poderá se dedicar ao planejamento com mais tranquilidade, pois vai dispor de tempo para isso. A consultoria vai manter o olhar focado no crescimento estruturado, enquanto a gestora poderá propor novos desafios.

Uma consultoria especializada vai manter você e seu empreendimento no trilho certo, com olhar para o futuro e em constante atualização, para que possa acompanhar o mercado e suas inúmeras tendências.

Gostou do nosso tema? Assine nossa newsletter para ter acesso a mais conteúdo e caso queira contar conosco como sua consultoria especializada é só visitar a aba programas e saber mais.

4 motivos para fazer seu plano de negócios

Lugar de plano é no papel

Conheça os motivos para criar seu planejamento

Muitos empreendedores defendem a ideia de que planos não são necessários para fazer o básico do dia a dia, mas sem o planejamento adequado fica praticamente impossível executar alguns aspectos do negócio, inclusive pensar em uma futura expansão dele. Confira alguns motivos pelos quais você deveria pensar em ter um plano de negócios:

Planejar é olhar, pensar, desenhar, imaginar, esquematizar… e começar de novo do zero quantas vezes necessário

 

1 – Avaliar sua ideia de negócio

Você tem uma ideia de negócio que parece interessantíssima, mas não sabe se ela é realmente viável? O plano de negócios vai levantar as respostas que você precisa para isso. Ao fazê-lo você irá pensar e pesquisar aspectos como: modelo de negócio, público, entre outros.

2 – Definir objetivos claros

Muitos negócios iniciam e sobrevivem com o objetivo básico de lucratividade, mas acabam se perdendo nos seus valores e objetivos de utilidade. Ter objetivos claros lhe ajudará a chegar neles mais rápido.

3 – Conhecer seu mercado

Sua ideia tem concorrência? Quais são seus diferenciais perante eles? Conhecer os vizinhos é tão importante quanto conhecer os aspectos internos da sua empresa. Além disso, é conhecendo o mercado que você conhecerá uma das partes mais importantes do seu negócio: seu cliente.

4 – Investimentos

Saber qual é o investimento inicial do seu negócio é apenas um dos pontos financeiros que você precisará estudar ao longo da sua jornada. Além de permitir que você planeje futuras possibilidades de investimento, o plano de negócios também permite que você busque investidores externos, já que esse será um dos primeiros documentos que lhe serão pedidos.

Na Feminaria todas as clientes tem pleno auxílio na criação do seu plano de negócios durante o Programa Expansão.

 

Quem paga a conta pelo erro?

A chance de dar errado existe, mas como você lida com ela? Não pense que ser perfeccionista e não admitir a possibilidade de cometer erros é uma qualidade, isso já virou mito faz muito tempo. Hoje vivemos uma realidade de mutação constante e, portanto, planos são alterados durante o percurso. Mudanças de planos implicam em erros que não foram previstos – essa é uma constatação. Portanto, errar é natural. O que fará de você alguém melhor e mais preparada para qualquer futuro é o reconhecimento espontâneo do erro e a capacidade de absorver o aprendizado que ele traz.

Bater a cabeça na mesa não vai ajudar...
Bater a cabeça na mesa não vai ajudar…

 

Quão tolerante ao erro você é? Quão tolerante ao seu próprio erro você é? Nem sempre seremos aplaudidas, nem sempre seremos elogiadas e ovacionadas, mas sempre aprenderemos, sempre descobriremos novas formas de resolver problemas antigos. A capacidade de aceitar que é falível e ser gentil consigo é maturidade e sabedoria. Todas erramos ou erraremos; as únicas pessoas isentas a isso são aquelas que não arriscam jamais, e você não é uma delas, não é verdade?

Em menor ou maior escala erros são erros e eles vão impactar seus planos. Para entender um pouco mais sobre aquelas áreas em que os erros podem prejudicar sobremaneira sua estrutura, vamos dividir aqui em 3 grandes grupos:

Erros causados por um capital emocional desalinhado

São aqueles erros baseados em questões emocionais e que afetam o seu cotidiano. Você passa a se sentir constantemente sobrecarregada, insatisfeita com a rotina, e acaba agindo por impulso. Seu dia ruim cruza com o dia ruim de um cliente, as emoções estão a mil por hora, não há freio que faça parar e pá: uma tomada de decisões precipitadas. Para evitar uma tragédia é preciso entender quais são as raízes desse desalinho e fazer um trabalho bem focado no seu emocional. Características assim tendem a ser toleradas e definidas como ossos do ofício, mas não são. São um sinal de alerta e que precisam ser verificadas, caso contrário seu negócio sentirá as mesmas dores que você.

Erros causados por uma gestão ineficiente

Esses erros são muito parecidos e quase que ligados aos erros causados por um capital emocional em desalinho. Como gestora você precisa ter uma liderança empática e eficiente, saber motivar sua equipe e todos os parceiros que trabalham com você. Ter uma comunicação clara e distribuir as tarefas de acordo com a capacidade de cada uma das pessoas que trabalha pelo seu negócio. Tarefas mal elaboradas, metas não alcançadas e horas de trabalho jogadas fora. Essas falhas são causadas por falhas na gestão. Um bom planejamento com auxílio externo pode ajudar a resolver esse problema e evitar erros maiores que afetem o desenvolvimento do negócio.

Erros causados por falta de planejamento estratégico e um bom plano de negócios

A falta de conhecimento e planejamento estratégico podem causar enormes problemas no desenvolvimento de um negócio, principalmente quando ele está começando ou entrando na fase de crescimento. Se você não tem um plano de negócios ou um planejamento estratégico para seu negócio, é importantíssimo começar hoje mesmo. A falta desses 2 itens é similar a entrar num país desconhecido sem um mapa e uma bússola, e não estou pecando pelo excesso! Não é exagero dizer que o principal erro aqui é não buscar por ajuda especializada quando precisa, eu sei bem que a vida de empreendedora é aquele exército de uma mulher só, mas isso não pode prejudicar o seu desenvolvimento: por mais super-mulher que você seja, e eu sei que você é, você precisa de ajuda.

Como disse Peter Drucker : “Para ter um negócio de sucesso, alguém, algum dia, teve que tomar uma atitude de coragem”.

Você tem um plano de negócios? Precisa criar um, ou validar, acompanhar ou otimizar o plano de negócios que você já tem? O Programa Expansão foi feito para você! Clique aqui para conhecer esse programa ou entre em contato conosco se precisar de mais informações.